SOLUÇÕES INOVADORAS
PARA UMA LOGÍSTICA EFICIENTE

Nossos módulos de gestão, otimização e orquestração
potencializam a rotina de e-commerces, transportadoras,
indústrias e serviços de campo.

OTIMIZAÇÃO

Inteligência artificial aplicada
ao planejamento de rotas de
entrega.

Roteirização de operações B2C
com grande volume de entregas

Planejamento da operação B2B com
diferentes regras de atendimento ao cliente

Otimização
Gestão

GESTÃO

Torre de controle completa
com informações confiáveis e
em tempo real.

Aplicativo para o motorista integrado
com o roteirizador

Manipulação e edição das rotas para
inclusão ou edição de serviços

MAESTRO

Gestão ágil e automatizada da rotina de Last Mile para altas demandas de pedidos.

Maestro

Com a tecnologia de orquestração do Maestro, você cria regras
e padrões para o seu fluxo operacional e automatiza todas as
demandas.

Torne seus processos mais inteligentes e ágeis enquanto
gerencia manualmente apenas as exceções.

SOLUÇÕES INOVADORAS
PARA UMA LOGÍSTICA EFICIENTE

Conheça nossos módulos de
otimização, gestão e orquestração
para first e last mile.

MAESTRO

Gestão ágil e automatizada da rotina de
Last Mile para altas demandas de pedidos.

Com a tecnologia de orquestração do
Maestro, você cria regras e padrões para o
seu fluxo operacional e automatiza todas
as demandas.

OTIMIZAÇÃO

Inteligência artificial aplicada ao
planejamento de rotas de entrega.

Roteirização de operações B2C
com grande volume de entregas

Planejamento da operação B2B com
diferentes regras de atendimento ao cliente

 
 

GESTÃO

Torre de controle completa com
informações confiáveis e em tempo real.

Aplicativo para o motorista integrado
com o roteirizador

Manipulação e edição das rotas para
inclusão ou edição de serviços

 

APROVEITE AO MÁXIMO TODOS OS RECURSOS DISPONÍVEIS
COM A FERRAMENTA MAIS COMPLETA DO MERCADO

CLIENTES QUE USAM E CONFIAM

CLIENTES QUE USAM E CONFIAM

FÁCIL INTEGRAÇÃO COM ERP, TMS E WMS

FÁCIL INTEGRAÇÃO COM
ERP, TMS E WMS

ROUTEASY EM NÚMEROS:

Até
0

redução de custos
de transporte

 
0

clientes
ativos

 
0

de serviços
roteirizados por mês

Até
0

de redução de atrasos
e erros nas operações

ROUTEASY EM NÚMEROS:

 
0

de serviços
roteirizados por mês

 
0

clientes
ativos

Até
0

de redução de atrasos
e erros nas operações

Até
0

de redução de atrasos
e erros nas operações

QUEM USA E CONFIA:

POSTS MAIS RECENTES DO BLOG

O desempenho das entregas e satisfação dos clientes são pontos importantes para as empresas que querem se destacar no mercado, e uma tecnologia como a torre de controle logístico pode ser uma grande aliada nessa jornada.

Essa ferramenta consegue auxiliar negócios a monitorar as entregas e coletas de mercadorias que são realizadas diariamente e em grande volume, com informações em tempo real e visibilidade total de todas as etapas em andamento.

Confira neste artigo o que é uma torre de controle logístico e como ela pode auxiliar as operações na gestão de processos.

O que é torre de controle logístico?

A torre de controle logístico é uma central de integração em que ficam organizadas as informações referentes às operações logísticas de uma empresa.

Nessa central, é possível encontrar os dados mais relevantes para as operações, assim, o gestor consegue ter uma maior visibilidade sobre os processos que estão sendo executados, principalmente quando existe um número muito grande de veículos em rota.

Para as empresas que possuem processos logísticos mais complexos, a torre pode ajudar os gestores a otimizar atividades, corrigir eventuais gargalos, além de facilitar a tomada de decisões.

Quais benefícios a torre de controle pode trazer?

De maneira geral, a torre de controle é essencial para acompanhar e melhorar os resultados, além de ter em mãos informações sempre atualizadas para agir sobre qualquer problema ou erro de percurso.

Conheça os benefícios que a torre de controle pode trazer para a operação do seu negócio:

– Monitoramento de frota em tempo real

O acompanhamento das rotas em tempo real é importante para fornecer maior segurança para motoristas, cargas e mercadorias. 

Com auxílio da torre de controle logístico, o gestor acompanha desde o início da viagem até a chegada em seu destino, assim a empresa sabe se o produto está perto de ser entregue, e pode informar o status da entrega para o cliente ter tempo de se preparar para recebê-la.

– Comunicação mais eficiente com os motoristas

Ter informações em tempo real sobre qualquer ocorrência, como imprevistos e mudanças de rota, torna possível o contato imediato com o motorista para resolver os problemas mais rapidamente. 

O módulo de torre de controle da RoutEasy oferece um aplicativo mobile com chat direto com o motorista para conferir ainda mais eficiência à operação. Além disso, no aplicativo é possível comprovar digitalmente a entrega, através de fotos e assinaturas. Quer saber mais sobre cada uma das soluções? Acesse nosso site!

– Indicadores da operação

Com o auxílio da tecnologia e da torre de controle logístico, a empresa define de forma precisa os indicadores mais relevantes para o seu negócio e analisa essas métricas mais estrategicamente.

Acompanhar todas as etapas de cada operação facilita a geração de indicadores, pois quanto mais cada etapa é monitorada, melhor ela pode ser mensurada e analisada, tornando visíveis os pontos que precisam ser melhorados.

– Mais produtividade

Com um controle de indicadores a produtividade também aumenta, pois fica mais fácil identificar quais etapas possuem problemas e encontrar possíveis soluções, tornando a operação logística mais eficiente e produtiva.

A torre de controle logística também auxilia na gestão das equipes externas, tornando a rotina dos colaboradores mais produtiva ao acompanhar as rotas.

– Tomada de decisão baseada em dados

Os dados são importantes pois ajudam a compreender cada um dos processos. Com KPIs customizados, é possível fazer uma comparação entre os resultados e os objetivos traçados para que ajustes necessários sejam feitos.

Alguns KPIs utilizados são:

– Tempo médio que o transporte leva para entregar mercadorias ao cliente final;

– Lead Time, que calcula o tempo entre o pedido do cliente e a chegada da encomenda até ele;

– Volume de devoluções, também conhecido por logística reversa.

Uma logística orientada a dados é crucial para o crescimento em um mercado tão competitivo e a torre de controle pode ser uma grande aliada nesse aspecto.

Um artigo publicado pela empresa McKinsey & Company revelou que as organizações que investem em tecnologias apresentam melhor desempenho financeiro.

Por isso, implantar uma ferramenta eficiente como a torre de controle logístico é importante para manter a competitividade.Com o módulo de gestão da RoutEasy, você tem uma torre de controle completa para monitorar as atualizações de status de todas as atividades e tomar decisões mais rápidas e precisas. Clique aqui para saber mais!

Com inteligência artificial e machine learning como principais peças da solução, o Maestro é a nova tecnologia de orquestração logística da RoutEasy.

Com o objetivo de possibilitar o same-day delivery aos nossos clientes, o Maestro automatiza 100% do fluxo de trabalho do processo de entrega e aumenta a performance de custo, auxiliando empresas com altas demandas e diferentes hubs de distribuição a fazer entregas mais rápidas.

A novidade foi anunciada no LogTrends, um evento realizado no final de abril, com a participação de mais de 200 líderes e especialistas em logística.

O lançamento do Maestro completa nossa atuação 360° e transforma para sempre o mercado de entregas brasileiro. A solução complementa nossos módulos de otimização e gestão de entregas, que oferecem tecnologia e inteligência artificial para o planejamento, controle operacional e gerenciamento de rotas de entregas, coletas e serviços de campo, atribuindo maior produtividade e menor custo de entrega. 

Orquestração logística para o Grupo Pão de Açúcar

O Grupo Pão de Açúcar topou ser um early adopter do novo módulo de orquestração logística da RoutEasy. “Com a solução que já usamos com os clientes, eles têm até 40% de economia nos custos de last mile e agora, o lançamento do Maestro possibilitará same-day delivery ou até mesmo entregas na mesma hora de maneira escalável, pois a solução cria fluxos automáticos para marcas com desafio técnico maiores e muitos hubs de distribuição.”, pontua Caio Reina, CEO e fundador da RoutEasy.

Ao predefinir padrões de automação, o Maestro utiliza inteligência artificial e aprendizado de máquina para atribuir pedidos de forma automática e otimizada, com despacho para frota própria, terceirizada ou crowdshipping em um único ambiente em nuvem.

Assim, sua operação tem total aproveitamento da frota disponível, onde ela estiver; tecnologia de aprendizado de máquina para reconhecer padrões e melhorar fluxos e processos.

O Maestro também usa o machine learning para reconhecer padrões de trabalho e fazer um ajuste dinâmico de recursos de maneira autônoma, buscando otimizar o equilíbrio entre custos e atendimento ao cliente.

Quer saber mais sobre o nosso módulo de orquestração logística? Converse com um de nossos especialistas e solicite uma demonstração!

Suas estratégias e custos podem ser o principal fator para os clientes escolherem seu produto e/ou serviço em detrimento de um concorrente. Por isso, o sistema de entrega – seja ele delivery, e-commerce, ou de outro formato – tem que visar a rapidez, o acompanhamento e o cumprimento do prazo previsto. 

Entretanto, essa combinação pode parecer um tanto quanto complexa. Ainda mais quando a operação é on-line. As perguntas que ficam são: como apresentar o serviço, o sistema de entrega, garantir eficiência, quais normas existem para regular cada tipo de produto e como funciona a logística de entrega?

Confira quatro passos que preparamos para introduzir seu serviço ao público on-line e suprir as demandas de seus consumidores:

Logística de transporte

Utilize embalagens flexíveis: O uso de embalagens adequadas garante ao cliente a integridade de seu produto. Para uma boa entrega, você deverá escolher o formato que facilite o transporte de seu produto e, assim, prevenir perdas desnecessárias durante o percurso até o consumidor.

Definição de quantidades: É importante para a otimização da logística de entregas de qualquer tipo de carga. Deve-se considerar as normas de trabalho válidas para os motoristas; a capacidade de carga dos veículos e, mais uma vez, os locais e as quantidades de paradas diárias. Entender a melhor opção é ter maior custo-benefício.

Gerencie os riscos: Para ser eficiente na área de transportes é necessário um bom gerenciamento de riscos e um controle rigoroso do monitoramento de carga. Essa administração é essencial para garantir a alta performance da empresa.

Definir um aplicativo

A obtenção de um aplicativo trará uma vantagem para esses usuários de smartphones se familiarizarem com seus serviços e utilizá-los sempre que necessário, o que significa um sistema prático e acessível.

Além disso, com a introdução de um aplicativo você pode voar mais alto. Tudo o que você precisa fazer é possuir um aplicativo personalizado que possa ajudá-lo a se conectar aos seus clientes.

Garantir segurança

O treinamento adequado é essencial para garantir a eficácia e segurança do processo de entrega. Para isso, as empresas configuram o sistema da RoutEasy e acompanham o conjunto de ações necessárias que os motoristas devem executar para cada etapa.

Quando se trata de segurança, o comportamento deles é tão importante quanto as políticas de segurança. O monitoramento telemático de segurança utiliza software para monitorar e classificar o comportamento ao dirigir. Essas soluções dão aos gerentes, seguradoras e lideranças visibilidade do comportamento do motorista. Isso pode ser usado para incentivar a condução segura, reduzir os custos de seguro e até as despesas gerais de manutenção. 

Ao integrar com provedores de telemática de segurança, a RoutEasy ajuda as empresas a reduzir custos operacionais e melhorar a segurança de sua frota. 

E mais: os consumidores também podem acompanhar em tempo real e sentirem-se a par de todo processo de entrega do produto e/ou serviço.

Conhecer as leis

Saber quais são as leis vigentes auxiliam na hora de definir seu sistema de transporte e apresentá-lo ao público. Reforçar o conforto e a segurança que essas regras adicionam para as empresas dão confiança a todos do time, permitindo a transparência, a ética e o diálogo. Nessa combinação, o consumidor também sai ganhando. 

Esses aspectos podem auxiliar no controle das horas, na distribuição das atividades entre os empregadores, dando um norte para os motoristas em suas atividades, certeza para os consumidores que querem agilidade no serviço e, por fim, torna-se uma vantagem para todos os envolvidos.

Dessa forma, implantar um sistema só irá trazer benefícios para o consumidor, motorista e gestor. Todo mundo sai ganhando!

Esse é um resumo do artigo apresentado no 4º Congresso Internacional de Logística e Operações (IFLog) sobre o ganho de produtividade na formação de rotas comparando a roteirização realizada pelo RoutEasy e a roteirização manual feita por uma empresa situada em Suzano-SP.

Os autores do artigo são: Alcir das Neves Gomes, Alexandre da Silva Sena, Douglas Carvalho Mariano e Enio Fernandes Rodrigues, professor IFSP Suzano. Esse resumo foi elaborado pelo Igor Menezes, consultor da RoutEasy.

Boa leitura!

Estudo de caso em centro de distribuição localizado em Suzano

Foi realizado um estudo de caso em um Centro de Distribuição, localizado em Suzano – SP, que consistiu em recriar rotas de entregas com o RoutEasy, buscando comparar as rotas otimizadas pelo roteirizador com as rotas criadas manualmente.

A abordagem foi desenvolvida em 4 etapas:

– Levantamento dos dados das entregas entre julho e outubro de 2016;

– Inserção de dados na plataforma RoutEasy, considerando uma frota de 10 veículos;

– Análise dos resultados obtidos e comparação com os resultados das operações realizadas, com o objetivo de identificar ociosidade;

– Pesquisa qualitativa identificando a opinião dos colaboradores quanto às funcionalidades e viabilidade de implantação.

Foram tabuladas as quantidades de entregas realizadas diariamente, chegando-se a 4.599 entregas, realizadas em 76 dias trabalhados, uma vez que não houve operação em alguns sábados e nos domingos compreendidos no período. A relação de entregas pelos dias trabalhados resultou em uma média de 60,51 entregas por dia. Buscando identificar eventuais sazonalidades, as informações foram organizadas de forma separada por mês, conforme exposto no gráfico 1. Foi possível observar que há uma grande variação nas quantidades de entregas de um dia para o outro, porém não foram identificadas sazonalidades em nenhum dos meses.

A simulação realizada considerou a recriação das rotas para 10 veículos, com prestação de serviço contínuo. Portanto, selecionou-se os 10 veículos que mais realizaram entregas no mês escolhido para o estudo, conforme detalhado no Quadro 1.]

Finalizando a etapa de levantamento de dados, com base nas informações apuradas e seleção dos dez principais veículos, restou um total de 689 entregas a serem analisadas e que tiveram como destino um total de 123 endereços diferentes. Tais informações possibilitaram a recriação das rotas de entrega com o uso do roteirizador, permitindo a análise do desempenho dos veículos, bem como possíveis ociosidades e oportunidades para redução da frota utilizada. Para possibilitar a recriação das rotas, os dados referentes às entregas foram transportados para a planilha padrão do RoutEasy, conforme Figura 1:

Para as especificações dos veículos, foram lançados os dados de acordo com as características de cada equipamento e negociações de diárias estabelecidas, resultando no resumo demonstrado no Quadro 2:

As restrições de operação foram configuradas de acordo com o modelo de operação da empresa: o tempo máximo de viagem foi adotado considerando uma jornada de trabalho diária de oito horas e tempo médio de deslocamento de ida e volta em torno de uma hora cada, considerando uma hora para almoço. A ocupação mínima e o tempo médio de atendimento foram estipulados de acordo com as peculiaridades da empresa. A adoção da velocidade média de 30 km/h levou em consideração o estudo de Zandonade e Moretti (2012).

– Jornada de trabalho: Das 07h00 às 18h00;

– Ocupação mínima: 60%;

– Tempo de atendimento no cliente: 20 minutos;

– Velocidade média: 30 km/h.

Resultados obtidos

Foram compilados os dados das operações realizadas no mês de outubro a fim de possibilitar a comparação com os novos dados obtidos com as simulações. Ao realizar uma análise inicial, constataram-se diferenças nas quantidades totais de entregas diárias entre o realizado e o simulado, por conta de muitas entregas no interior do Estado, que não haviam sido roteirizadas. Por conta das restrições inseridas referentes ao tempo máximo de viagem e ocupação mínima, o sistema excluiu aquele evento que implicasse na extrapolação do horário limite de operação e, da mesma forma, não criava uma rota para o evento excluído devido à restrição de capacidade mínima. Com isso, foram criadas rotas de entregas para o interior do estado com parâmetros mais flexíveis, adotando-se a velocidade média de 80 km/h, aproveitamento mínimo de 40% e jornada diária de 12 horas. Desta forma foi possível contemplar 100% da amostragem, chegando-se a um resultado favorável, confirmando a existência de ociosidade e possibilidade de otimização da frota:

A seguir uma das regiões estudadas onde o RoutEasy separou 25 pedidos em 5 veículos selecionados automaticamente (1 Toco e 2 Vans) com média de ocupação de 90%.

As melhorias obtidas com o RoutEasy foram:

– Redução de 31,63% nos valores de diárias;

– Redução da quantidade total de veículos contratados no mês: 26,4%, passando de 125 para 92;

– Utilização de veículos com melhor aproveitamento e menores diárias (dias 10 e 24)

– Ganhos significativos em eficiência e qualidade nas rotas de entrega.

Uma das tendências mais efetivas da atualidade é a impressão 3D. Conhecida também como manufatura aditiva, essa tecnologia é sem dúvida uma grande aliada para aumentar a eficiência logística das empresas.  

Sua primeira aplicação foi em 1984, para geração de lâmpadas especiais. As máquinas utilizadas para realização das impressões eram grandes e complexas, destinadas a operações industriais. Hoje, elas já podem ser encontradas em tamanhos compactos e compradas por qualquer um. 

De acordo com o Fórum Econômico Mundial, a tendência é que até 2022 quase metade das organizações brasileiras e mundiais adotem o uso das Impressões 3D.

O processo de produção

A máquina funciona a partir de um protótipo digital, um desenho em 3D, que é feito com todas as medidas bem definidas e então enviado ao software da impressora. No momento da impressão, o modelo é produzido a partir de adição de camadas de material, uma a uma, de baixo pra cima, completando no fim o produto inteiro. 

Para facilitar, imagine produzir um pão de forma fatia por fatia, e no fim juntar tudo transformando em um pão inteiro.

Em quais materiais os objetos podem ser construídos?

Quando ouvimos sobre impressão 3D, é comum imaginarmos objetos simples feitos com plástico, que não parecem muito confiáveis no quesito resistência. Não se limite a esse pensamento!

Hoje as máquinas podem imprimir em diversos materiais, como metais, madeira, cerâmica, e até mesmo concreto. Existem filamentos – fio de material que é usado para alimentar a máquina para produzir – para todos os tipos de finalidade.

O Projeto Hígia foi um exemplo de utilização dessa tecnologia. No início de 2020, com o objetivo de combater a pandemia do novo coronavírus, o movimento civil produziu quarenta mil protetores faciais com impressão 3d, que foram distribuídos por todo Brasil com a ajuda do RoutEasy.

Onde entra a eficiência logística?

A manufatura aditiva traz diversos benefícios para a logística. Pense que para montar uma bicicleta é necessário primeiramente de todas as peças que a compõem: os guidões, o quadro, os pedais, as rodas… 

Utilizar da impressão 3D para gerar essas peças resulta em ganho de tempo e dinheiro, afinal a produção através dessa tecnologia leva apenas algumas horas e pode ser feita internamente, dispensando a necessidade de um ou mais fornecedores, que trazem com eles custos de transporte e extensos prazos de entrega em relação a ela.

Outro dos grandes benefícios é a diminuição de investimentos com estoque, onde todo o espaço reservado para a armazenagem dessas peças se torna desnecessário. A eficiência logística entra no momento em que não é mais necessário estocar peças já prontas, que ficam esperando para serem utilizadas.

Com a facilidade de tempo de produção, a demanda se torna muito mais objetiva, acompanhando com precisão as necessidades do mercado.

Além disso, essa tecnologia também traz vantagens quando diminui a necessidade de importação de peças produzidas em outros países, que geram custos altos devido ao volume de transportes, cargas aéreas e taxa de câmbio.

No ano passado, a multinacional ID Logistics decidiu adotar a ideia utilizando a impressão 3D para repor peças usadas na rotina de operações. De acordo com a matéria lançada na revista Mundo Logística, essa implantação trouxe uma economia de custos de até 125%.

Influência na satisfação do cliente final

A eficiência logística que vem com a impressão 3D reflete potencialmente na experiência do cliente, trazendo toda a essência de uma operação on-demand.

Toda essa facilidade de produção, diminuição de etapas e ganho de tempo, fazem com que o produto chegue no destino final com muito mais agilidade. Sem contar que a diminuição de custos e processos para a empresa também faz com que o valor final saia mais baixo.

Outro ganho exponente é a possibilidade de enviar o modelo final do produto ao cliente antes de ser fabricado. Essa ação reduz as chances de erro de produção, garantindo que o consumidor receba exatamente o que deseja. 

Sem contar que ao dar a chance de visualização do produto antes da fabricação, surge a oportunidade de personalização. Como a produção da manufatura aditiva é muito mais simples, consequentemente a personalização também é.

Redução de desperdícios

Nas fabricações tradicionais, até 70% dos materiais utilizados acabam sendo descartados. Além de gastar menos energia, em comparação a manufatura subtrativa, as impressões 3D reduzem drasticamente a produção de resíduos, pois utilizam exatamente o material necessário para a produção, trazendo eficiência logística e ganhos para o planeta!

Como você pôde ver, essa tecnologia vem agregando não só nos processos produtivos, como também na experiência do cliente e na sustentabilidade. Reconhecer o potencial revolucionário desse método de fabricação é essencial para acompanhar sem medo o que o futuro da logística nos reserva.

Inove sua operação com a RoutEasy! Com a nossa tecnologia de otimização, você reduz custos e aumenta a eficiência da sua operação logística. Planeje sempre as melhores rotas de acordo com os objetivos de cada cliente. Solicite uma demonstração!

Quanto de atenção você presta à pressão dos pneus do seu carro? Você sabia que as flutuações de pressão e temperatura podem ter um efeito dramático na vida útil do pneu? Quem lida com centenas de veículos, entende a importância da pressão correta do pneu e seu impacto nos custos gerais de manutenção e, consequentemente, no desempenho da frota. Com as estratégias certas você pode economizar milhares de reais em custos anuais de manutenção.

Um bom desempenho da frota é a chave para entregas rápidas, eficientes e para garantir a satisfação do cliente. Com os sensores IoT você aumenta o seu desempenho, alavanca a produtividade da sua equipe e agiliza os processos. 

Estes sensores geram dados que convertem em informações valiosas para a tomada de decisões, identifica as razões pelas quais uma falha foi originada e oferece cursos de ação sobre como resolvê-la e evitá-la no futuro.

Afinal de contas, o que é a IOT?

De forma simples, a Internet das Coisas (Internet of Things) é composta por dispositivos – de sensores simples a smartphones – conectados entre si. Surgiu pela necessidade de maior eficiência e controle dos equipamentos. Dessa forma, oferece uma ferramenta precisa para ajudar a gerenciar com eficiência a frota de veículos, minimizando custos e aumentando a produtividade, a vida útil dos ativos e a qualidade dos serviços prestados. 

A IoT é uma tendência que só cresce. De acordo com um relatório da Bain & Company, os mercados de hardware, software, integração de sistemas e serviços de dados e telecomunicações em IoT alcançarão a cifra de US$ 520 bilhões em 2021, mais que o dobro dos US$ 235 bilhões gastos em 2017.

Quais são os benefícios da aplicação da IOT para o desempenho da frota?

Maior interconectividade

A instalação de sensores da IoT em veículos da frota colabora para estabelecer uma interconectividade efetiva entre os veículos e quem os gere e entre os veículos e seus motoristas. O condutor e o gestor se deparam com todas as informações de estado, funcionamento e necessidades do veículo, fornecidas pelo software, que recolhe, processa e organiza os dados de forma simplificada.  Os colaboradores ainda recebem alarmes em tempo real de incidentes de manutenção, que muitas vezes podem não ser detectados pelo motorista.

Para os motoristas as vantagens são muitas. Com os sensores há maior controle de rotas e configurações do veículo, como gasolina e manutenção. A tecnologia também fornece dados que permitem que o gerente de frota atribua os melhores motoristas às rotas e aos veículos para os quais são mais adequados, levando em conta que certos motoristas dirigem melhor em veículos específicos ao longo de determinadas rotas. 

Toda essa visão interconectada das operações disponibilizada pelo software, viabiliza uma melhor estratégia de negócios. Além disso, o acompanhamento das informações são em tempo real, o que permite uma resposta ainda mais rápida, agilizando os processos.

Análises em tempo real

As análises em tempo real proporcionam variadas possibilidades. Alguns exemplos são:

1º Análises meteorológicas: atualizações em tempo real sobre as condições climáticas que seus motoristas estão enfrentando e a possibilidade de corrigi-las automaticamente. Sensores em seus veículos e ao longo de suas rotas atualizam os dados meteorológicos precisamente, para que você possa otimizar o tempo de entrega.

2º: Roteirização: a Internet das Coisas facilita a geração de rotas inteligentes, permitindo que os supervisores projetem caminhos mais seguros e eficazes, o que resulta em tempo reduzido. 

Essas análises de trajetos percorridos, locais visitados e utilização são exemplos de relatórios possíveis de serem utilizados a partir das informações obtidas dos próprios veículos.

3º: Análise na cabine: garante que a sua frota esteja dirigindo com responsabilidade e eficiência. Isso traz à marca um histórico de motoristas prudentes e eficientes, elevando sua reputação no mercado. 

Quanto maior a redução do trabalho manual e agilidade nos processos, menor o custo.

Redução de custos

As análises inteligentes mobilizam programas que protegem seu orçamento ao conectar toda sua frota e tornar seus motoristas melhores, seus veículos mais preparados e os processos mais rápidos.

Na roteirização, a redução do tempo é otimização de custo. Quanto menos tempo gastar para resolver imprevistos, mais rápidos serão os serviços prestados.

As soluções de monitoramento do veículo em tempo real permitem respostas rápidas que diminuem o tempo.  Por exemplo, se 1 em cada 10 carros na estrada atualmente tem uma indicação de mau funcionamento do carro e mais da metade desses motoristas a ignora por 3 meses ou mais, provavelmente, esses veículos aumentaram o consumo de combustível e as taxas de emissão devido a esses componentes defeituosos. Quanto mais tempo esses problemas forem ignorados, mais custará no longo prazo. Se esses problemas forem identificados e resolvidos imediatamente, os custos podem ser minimizados e você melhora o desempenho da frota.

Como aplicar o IOT na logística do seu e-commerce?

Um software bem arquitetado e desenvolvido, pode ser utilizado para receber informações de diversos tipos de equipamentos e fazer a gestão das informações de maneira inteligente e em apenas um local. Basta instalá-lo e configurá-lo e já estará pronto. 

A utilização de tecnologias visando aumentar a produtividade e eficiência, já deixou de ser uma tendência e se tornou uma necessidade de mercado. Os sensores IoT, juntamente com os sistemas de gerenciamento de logística, como o da RoutEasy, geram informações oportunas para facilitar a gestão. A plataforma da RoutEasy também oferece controle dos agentes de entrega, relatórios analíticos avançados para visualizar o desempenho da frota e dos negócios e muito mais. 

Inove sua operação com a RoutEasy! Com a nossa tecnologia de otimização, você reduz custos e aumenta a eficiência da sua operação logística. Planeje sempre as melhores rotas de acordo com os objetivos de cada cliente. Solicite uma demonstração!

Hoje, quem se destaca no marketplace é quem já entendeu a importância da aplicação da logística on demand.

Esse modelo possibilita que empresas com capacidade excedente de armazenagem comercializem esses itens aumentando a agilidade da cadeia de suprimentos em função dos períodos de flutuação. 

Com uma produção on demand, as empresas podem reduzir os níveis de estoque e, consequentemente, minimizar os custos decorrentes das operações logísticas. A praticidade dessa tecnologia resulta em serviços mais baratos ao consumidor e a geração de renda para os trabalhadores e as empresas.

Em linhas gerais

O conceito de adiamento posterga as partes finais da produção ou montagem de um produto. Deixa-os em um estado em que só falta serem personalizados, de acordo com a demanda.

Essa procura varia de acordo com imprevistos e oportunidades. O objetivo é ter uma equipe preparada para avaliar as necessidades na etapa final da entrega. A ideia é coordenar uma frente de inovação que identifique, avalie e implemente soluções modernas, a fim de movimentar a economia e trazer facilidade aos clientes. 

A logística on demand trabalha em conjunto com a política de adiamento para deixar tudo pronto, de forma que a personalização seja efetiva. Isso permite que as empresas ganhem em escala e reduzam o índice de perdas e estoques parados. 

Como aplicar a logística on demand?

Adore o gerenciamento automatizado

O gerenciamento de pedidos é a peça central de qualquer solução de entrega sob demanda, pois permite que as empresas tenham acesso a uma interface onde podem agendar pedidos e acompanhar entregas.

Esse recurso economiza tempo, ajuda a manter uma visão geral de todas as etapas e com o rastreamento, contorna riscos de atrasos. O rastreamento é importante porque deixa o cliente a par do processo e, você, no controle de tudo.

É aí que entra o conceito de integração de áreas. Os sistemas individuais se comunicam diretamente com o de logística e os elementos mecânicos correspondentes. No decorrer do processo de despaletização e separação, o produto sinaliza quais parâmetros devem ser usados.

A partir de um software de controle, há o fornecimento de informações e relatórios do sistema de gerenciamento de armazém. Por meio dele, você recebe automaticamente recomendações e respostas sobre as áreas e etapas da logística on demand.

Um gerenciamento completo e integrado torna-se ainda mais eficiente se avaliado e processado em tempo real.

Escolha uma plataforma que funcione em tempo real

A base de clientes neste setor é composta principalmente por grandes empresas, as quais dificilmente têm tempo para fazer manualmente o processo de verificação de entrega da remessa. Por isso, devem adotar um software que trabalhe com o tempo real.

Para clientes individuais, as empresas de transporte de mercadorias on-line oferecem soluções de transporte e logística on demand para atender a todos os movimentos de mercadorias em capacidade de carga parcial e plena, a preços e prazos convenientes.

Na maioria dos casos, quando um cliente reserva o transporte, através de corretores convenientes, o custo do transporte fica oculto. Por outro lado, na logística sob demanda, os prestadores de serviços cobram com base na distância a percorrer e a estrutura de custos incorridos de forma transparente. 

Esses fatores impulsionam o crescimento do mercado de logística on demand globalmente. O resultado de uma logística eficiente é a satisfação do cliente.

Assegure a satisfação do cliente

Ao implantar a tecnologia moderna, tanto as empresas quanto os consumidores têm visibilidade em tempo real do status de seus pedidos. Assim, as empresas não estão apenas se adaptando às necessidades dos consumidores, entregando em tempo hábil, mas também os deixando a par de toda a operação.

Com o software da RoutEasy, você acompanha em tempo real todas as movimentações da sua empresa. Além disso, pode satisfazer seu cliente entregando os produtos com rastreamento e controle total. É a logística sob demanda: sem estoque parado e agilidade de processos.

Dessa forma, você tem toda a visibilidade e relatórios de progresso, reduz custos e tem as informações necessárias para desenvolvimento de estratégias assertivas. 

Na área do comércio, a empresa com a capacidade de transportar frete da maneira mais econômica e em menor tempo possível é a que mais se destaca no setor. Por isso, entender os modais logísticos e escolher adequadamente é um fator determinante.

Conhecer os sentidos exatos por trás de cada um dos meios, também chamados de modais de transporte, pode ajudar a verificar qual é o ideal para o seu segmento de negócio. O modal de transporte, em linha geral, destina-se a alocar objetos e recursos do ponto básico para outros, integrando a operação logística.

Quais são os tipos de modais de transporte?

O primeiro e mais comum é o transporte por terra: rodoviário ou ferroviário. Os veículos mais utilizados são caminhões, trens, carros, bicicletas, etc.

Os trens são capazes de absorver a carga em grandes quantidades e é por isso que são econômicos e inteligentes em termos de energia, além de eficazes para longas distâncias. Por outro lado, caminhões e carros geralmente são usados para viagens mais curtas ou de entrega expressa, as quais, geralmente, levam um ou mais dias para chegar ao cliente.

Mas existem novas formas de modais de transporte!

As empresas de aplicativo de crowdshipping trouxeram uma alternativa para muitas companhias. Nos dias atuais, os carros podem fazer essa ponte de transportar seu serviço e, até mesmo, produto. Sua maior vantagem é a rapidez. No entanto, não é uma boa alternativa para transporte de grandes cargas de uma vez. A bicicleta mais ainda, funciona para pacotes menores e em curtas distâncias. Sua maior vantagem é ser um transporte ecológico.

Já o transporte rodoviário, o mais utilizado no Brasil, sofre influências externas, como clima, trânsito e as regulamentações de localidades para localidades. Além dessas, no atual ambiente de expedição, tornou-se cada vez mais difícil encontrar motoristas de caminhão. Essa falta de capacidade levou a um aumento no transporte intermodal, que é a utilização de mais de um meio de transporte na entrega de uma carga. 

O transporte ferroviário é usado mais exclusivamente para as cargas maiores e mais pesadas (carga a granel), que viajam por terra.

Além desses modais logísticos, quais são as outras opções?

Hidroviário: O modal hidroviário também pode transportar um grande volume de carga, por longas distâncias, mas por um período mais longo de tempo. Suas maiores desvantagens são o custo elevado e a burocracia para documentação de desembaraço de cargas.

Aéreo: O transporte aéreo é um modal que tem como principal vantagem a rapidez, segurança e praticidade. É a melhor opção para produtos que exijam um transporte rápido, como por exemplo, produtos eletrônicos. As maiores desvantagens são: o alto investimento em infraestrutura e limitação da capacidade de mercadorias.

Por que saber tudo isso?

Para definir qual estratégia logística é a ideal para a sua empresa. A operação logística implica em um monitoramento de transportes, acompanhamento de indicadores de desempenho, gestão de estoques e aluguel de galpões, por exemplo.

Ter uma operação logística estratégica significa deixar de ser completamente voltado para as rotinas operacionais e passar a ser direcionado, também, para a otimização dos processos e aprimoramento dos resultados. 

A ideia é usar a tecnologia e o planejamento para organizar os processos, dar mais visibilidade a todos de quais são as etapas cumpridas, enxergar possíveis falhas no processo e agir para melhorá-las. Assim, há um ganho de agilidade também para contornar os problemas, como mercadorias roubadas ou veículos quebrados.

O sistema de gerenciamento de transporte (TMS) é uma ótima opção para gerenciar todo o processo logístico identificando as variáveis, uma vez que o preço, a disponibilidade e a capacidade das transportadoras podem variar muito. Em uma operação logística pode haver, inclusive, mais de um modal de transporte.

O sistema de logística inteligente da RoutEasy fornece análise de resultados e várias formas de lógica de alocação, estoque e logística automáticas para trabalhar e otimizar processos de forma simples e eficaz e reduzir o tempo de entrega.